Notícias

Onco Hematos debate avanços da tecnologia na saúde


12/11/2018 às 08:45:00



Nos dias atuais é impossível imaginar o mundo sem tecnologia. A informatização tem se tornado uma aliada em diversas áreas do conhecimento e não é diferente na da saúde, pois representa um avanço no campo da gestão médica. A tecnologia da informação, adotada nos últimos anos, é responsável por diversos benefícios, tanto para gestão clínica quanto para os pacientes e profissionais da saúde que ali trabalham.

Com o intuito de acompanhar os avanços da tecnologia em benefício da saúde e proporcionar o que há de melhor aos seus pacientes, a Clínica Onco Hematos tem investido em soluções tecnológicas e firmou parceria com a Medlynx para desenvolver o novo software que vai gerenciar a clínica. E visando alinhar essa parceria em tecnologia, surgiu a iniciativa de realizar um diálogo sobre “Avanços em Tecnologia na Área de Saúde”, envolvendo profissionais de TI e de saúde.

De um lado, para expor sobre a evolução tecnológica, o diretor operacional da Medlynx, Tiago Alves, e do outro para retratar os efeitos desse avanço na saúde, o médico Nivaldo Vieira. As palestras ocorreram na tarde da sexta-feira, 9, no auditório da Onco Hematos.

Tiago Alves explanou sobre os benefícios para o dia a dia na saúde, utilizando ferramentas tecnológicas para tomada de decisões estratégicas, para a melhoria da operação e fazer com que médicos e enfermeiros tenham mais tempo e foco para atender o paciente. Apesar de mostrar como a máquina vem ocupando espaços surpreendentes, Tiago explica que a tecnologia não entra para substituir o humano. “Quando a gente fala em Inteligência Artificial, o próprio nome já diz é artificial. O ser humano não será substituído em sua plenitude. O que está acontecendo no mundo é que os processos estão sendo reconstruídos, profissões que hoje podem ser desempenhadas por essa Inteligência, os humanos estão desempenhando outro tipo de papel na sociedade e isso está sendo construído no mundo todo. Isso faz parte de um processo evolutivo e a saúde não pode ficar atrás. Inteligência Artificial vem pra somar no cuidado com o paciente”, garantiu.  

Fazendo um contraponto, o oncologista e diretor da Clínica Onco Hematos, Nivaldo Vieira, ressaltou que não se pode estar distante dos avanços tecnológicos e que é impossível que um médico trate bem seu paciente sem acoplar os instrumentos de tecnologia. Mas Nivaldo Vieira fez questão de ressaltar que por mais que se tenham computadores, robôs, Inteligência Artificial, Big Data e outros recursos indispensáveis com o avanço da tecnologia, não se pode prescindir das relações humanas. “O grande avanço da tecnologia é possibilitar que haja maiores e melhores relações humanas e a tecnologia será mais avançada à medida que permitir que o ser humano seja cada vez mais humano”, enfatizou, complementando que o único sentido de haver uma medicina avançada e tecnológica é a possibilidade que ela seja mais humanizada. “O médico que fica menos necessitado de preencher formulários, menos preso a questões burocráticas, ele terá mais tempo para se dedicar ao paciente, ouvir, tocar o paciente”, destacou.

Redesenhar a função dos seres humanos, sem duelo entre o homem e a máquina e sim a harmonização homem/máquina, foi o que defendeu o médico, afirmando que os profissionais de saúde podem dizer o que querem das máquinas, que vai auxiliar e não substituir. “Uma máquina que vem de fora sem respeitar a realidade local e do processo, ela corre o risco de ser altamente produtiva, mas com baixa eficiência, porque ela não respeita as necessidades do ser humano e todo ser humano precisa de carinho, atenção e acolhimento. Então eu acho que o mais importante para o avançar da tecnologia é que o homem avance em direção ao homem”, esclareceu o médico.

O investimento da Onco Hematos na construção desse software traz como resultado uma redução no tempo que o funcionário gasta na frente do computador, com isso há uma estimativa de ganho de 10 a 15% de tempo que será destinado ao atendimento ao paciente. Para o médico e diretor da Clínica com a implantação desse sistema a tecnologia será utilizada a favor de todos. “A expectativa é muito positiva com a parceria Onco Hematos – Medlynx, nós estamos construindo esse software na área de oncologia e vamos ter bons frutos”, comemorou Nivaldo Vieira.

Para Milena Pinheiro, da Comissão de Qualidade da Onco Hematos, o evento cumpriu o objetivo esperado, que foi debater com os profissionais de TI e os de saúde. “Nosso propósito foi promover a reflexão sobre o melhor uso da tecnologia para melhorar os indicadores e assistência no cuidado ao paciente”, explicou a enfermeira.