Notícias

No Dia Mundial do Câncer clínica Onco Hematos alerta para prevenção 


04/02/2018 às 15:12:00



Dia 4 de fevereiro é o Dia Mundial do Câncer e essa é mais uma oportunidade de alertar a população para importância da prevenção. Para o cirurgião oncológico Roberto Gurgel algumas mudanças de comportamento e de hábitos contribuem para a prevenção ao câncer. "A mudança de hábitos, como optar pelo consumo de alimentos naturais, cessar o tabagismo, praticar atividades físicas regularmente, evitar exposição ao sol e substâncias cancerígenas e limitar o consumo de bebidas alcóolicas, é fundamental na prevenção do câncer", orientou o oncologista.

A clínica Onco Hematos é referência no tratamento oncológico e tem pautado com sua equipe ações junto a seus pacientes e sociedade que estimulem a prática desses hábitos. Esta semana o Inca ( Instituto nacional do câncer) divulgou números previstos de casos para 2018 que merece atenção das autoridades e dos profissionais 

Dados

O INCA lançou a publicação Estimativa 2018 – Incidência de Câncer no Brasil.  Com exceção do câncer de pele não-melanoma, os tipos de câncer mais frequentes serão os cânceres de próstata (68.220 casos novos) em homens e mama (59.700 mil) em mulheres. Além dos citados, completam a lista dos dez tipos de câncer mais incidentes: cólon e reto (intestino – 36.360), pulmão (31.270), estômago (21.290), colo do útero (16.370), cavidade oral (14.700), sistema nervoso central (11.320), leucemias (10.800) e esôfago (10.970).

“Esta publicação é uma fotografia do cenário atual do câncer no Brasil e uma importante ferramenta para o controle da doença, uma vez que auxilia no planejamento de políticas públicas e gestão dos recursos, além de alertar a população para a adoção de hábitos saudáveis", ressaltou a diretora-geral do INCA, Ana Cristina Pinho.

“A incidência de câncer no mundo cresceu 20% da última década. O impacto se dá principalmente nos países de média e baixa renda", explicou Marceli de Oliveira, da Divisão de Vigilância e Análise de Situação, da Coordenação de Prevenção e Vigilância (Conprev) do INCA. O câncer de intestino ocupa a cada dia mais espaço, como nos países desenvolvidos, mas ainda há regiões com cânceres relacionados a infecções, como colo do útero e estômago, entre os mais prevalentes.

Com informações do Inca