Notícias

Dia Mundial de Combate ao Câncer é comemorado dia 8 de abril


06/04/2018 às 12:34:00



O Dia Mundial de Combate ao Câncer é comemorado anualmente em 8 de abril. A data serve para conscientizar a população mundial sobre os cuidados de prevenção da 2ª doença que mais mata pessoas em todo o mundo. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), com exceção do câncer de pele não-melanoma, os tipos de câncer mais frequentes neste ano serão os cânceres de próstata (68.220 casos novos) em homens e mama (59.700 mil) em mulheres. Além dos citados, completam a lista dos dez tipos de câncer mais incidentes: cólon e reto (intestino – 36.360), pulmão (31.270), estômago (21.290), colo do útero (16.370), cavidade oral (14.700), sistema nervoso central (11.320), leucemias (10.800) e esôfago (10.970).

De acordo com o oncologista da Onco Hematos, Miguel Tenório, o câncer é uma das doenças que atingem mais pessoas no mundo. “Cerca de 12 milhões de pessoas são estimadas que serão atingidas pelo câncer, causando mais de 7 milhões de mortes. No Brasil, excluindo as mortes por causas externas, o câncer representa a segunda causa de morte, perdendo apenas para as doenças cardiovasculares”, afirmou. 

O câncer, quando diagnosticado de forma precoce, é passível de cura, por isso a importância das campanhas de prevenção e dos exames periódicos. O oncologista destaca os principais exames que a população precisa fazer como forma de prevenção para a doença. “Os principais exames são a mamografia; o exame de colo do útero (feito através do exame de lâmina ou Papanicolau); o exame da próstata para homens acima dos 40 anos; a colonoscopia, para toda a população acima dos 50 anos e a tomografia de baixa dosagem para pessoas que tem histórico de tabagismo de longa data. Todos esses exames podem mudar o curso da doença e do tratamento, pois se diagnosticado de forma precoce o câncer é passível de cura”, destacou Dr. Miguel.

Hábitos saudáveis

A população precisa ser esclarecida ainda em relação aos hábitos de vida que podem prevenir o surgimento do câncer. “O tabagismo é um dos principais fatores de risco não apenas para o câncer de pulmão, mas para vários tipos de câncer. Outro fator de risco é a obesidade, o sedentarismo e a má-alimentação. O mais importante é praticar atividades físicas e ter uma alimentação balanceada, rica em fibras”, explicou. 

Avanços

Muitos avanços no tratamento contra o câncer têm sido feitos na área da oncologia. “Os estudos científicos e os avanços para o combate ao câncer vem aumentando. Hoje nós temos tratamentos mais modernos com técnicas avançadas que ajudam a nós oncologistas no tratamento dessas doenças”, salientou Miguel Tenório. Dentre as principais formas de tratamento para o câncer estão a quimioterapia, radioterapia, cirurgia e imunoterapia.